A importância da alimentação pré e pós-treino

24 de agosto de 2016
/
Tags: , , , ,
alimentação pré pós treino smart fit

Você treina bastante e quase não vê resultados? Saiba que o erro pode estar em sua alimentação! Não fazer um bom pré e pós-treino, pode prejudicar tudo o que você conquistou até agora. Mas calma que, com as refeições regra das, você vai atingir o seu objetivo. ;)

Manter uma boa alimentação é fundamental para quem pratica exercícios físicos, isso porque o pré e pós-treino melhoram o desempenho e previnem lesões.

Segundo a nutricionista Fúlvia Hazarabedian: “A alimentação direcionada ao treino permite a melhora da performance, sendo assim, a evolução de cargas, repetições e tempo de corrida melhoram”. 

alimentação pré pós treino smart fit

Se você tem como objetivo perder peso ou aumentar a massa muscular, os alimentos pré e pós-treino vão auxiliar esse processo. “O perfil da alimentação é ajustado conforme o objetivo, perfil físico e necessidades [de cada um]. Desta forma, o valor calórico e a distribuição de nutrientes é proporcional a esses fatores”, explica Fúlvia.

Entenda a diferença entre pré e pós-treino:

- Alimentação pré-treino: É o que dá energia para o seu corpo ANTES de praticar exercícios físicos! O que você deve comer é o carboidrato, pois ele vira glicose no organismo, o que gera energia e potencializa o treino.

A falta desse alimento para quem treina é prejudicial, podendo afetar o treino e a saúde. Isso acontece porque, com a falta de carboidrato no corpo, ele utiliza outros meios como fonte de energia, como a proteína, o que pode fazer você perder massa magra.

O que comer: Aveia, banana e batata doce são alguns exemplos. E também os integrais, como pão, arroz e macarrão.

- Alimentação pós-treino: Essa é a hora em que você está cansado e chega em casa. Você vai comer o que tiver pela frente, certo? Errado! A alimentação pós-treino é importante para repor as energias gastas durante os exercícios, fornecendo nutrientes para a recuperação muscular DEPOIS do treino.

O que comer: Granola com iogurte, sanduíche com proteína ou uma refeição completa como arroz, feijão, carne branca e salada. Essas são algumas opções! 

É importante manter uma dieta rica em nutrientes, proteínas e carboidratos, mas dependendo de cada objetivo a quantidade e proporção entre eles pode variar. Os exercícios físicos combinados com uma boa alimentação e descanso trazem muitos benefícios que vão melhorar seu corpo, qualidade de vida e o rendimento nos treinos.

O alimento CERTO pode ajudar a diminuir a fadiga, preservar a massa muscular e recuperar todo o organismo. Ah, e claro: Beba bastante água.

Qualquer dúvida, não esqueça: Consulte um nutricionista!