Se correr o bicho pega? Benefícios da corrida para idosos

image (10)

Correr pode ser uma ótima maneira de melhorar a saúde e ficar em forma à medida que envelhecemos. Conheça os benefícios da corrida para idosos e descubra como iniciar uma rotina de exercícios com segurança!

O que a ciência diz sobre corrida para idosos?

Segundo um estudo americano, os idosos que correm pelo menos 30 minutos três vezes por semana têm menos chances de sentir os efeitos relacionados à idade do que aqueles que simplesmente fazem caminhadas.

As evidências sugerem que quem participa regularmente de atividades aeróbicas têm um menor custo metabólico e mitocôndrias mais saudáveis em seus músculos.

via GIPHY

 

Calma, que é simples!

O custo metabólico é a quantidade de energia que o nosso corpo precisa para se movimentar. Conforme ficamos mais velhos, esse número vai subindo — o que deixa qualquer atividade física mais difícil e cansativa.

Já as mitocôndrias têm a função de produzir energia celular, garantindo que você tenha forças para fazer qualquer coisa.

Os dados mostraram que, no geral, idosos que correm têm um custo metabólico semelhante ao dos jovens na faixa dos 20 anos. Incrível, né?

 

4 benefícios da corrida para idosos

Você já sentiu que suas pernas, costas, quadris e ombros parecem mais rígidos do que quando você era mais jovem? Aposto que isso acontece especialmente quando você acorda ou fica sentado por um longo período de tempo…

Com o tempo, os músculos e tendões vão perdendo a elasticidade, o que pode causar a sensação de rigidez e até mesmo alguma dorzinha. Felizmente, você pode manter ou até melhorar sua flexibilidade se trabalhar nisso.

Veja os benefícios da corrida para idosos!

 

Seu coração fica mais saudável

A corrida para idosos é uma maneira eficiente de se exercitar aerobicamente e minimizar a chance de desenvolver doenças cardíacas.

Ao bombear mais sangue para o corpo, a corrida mantém os vasos sanguíneos saudáveis, diminuindo os riscos de pressão e colesterol altos, por exemplo.

Seus ossos se fortalecem

O osso é um tecido vivo e, como qualquer outro em nosso corpo, exercitá-lo estimula o crescimento de novas células. Exercícios para idosos que incluem sustentação de peso, como correr, são essenciais para manter a saúde óssea.

Eles podem ajudar a manter ou melhorar sua densidade mineral óssea, minimizando as chances de osteoporose e acelerando o processo de recuperação em casos de fratura.

Sua memória fica afiada

Conforme vamos ficando mais velhos, a memória se torna uma das nossas maiores preocupações. Estudos mostram que exercícios cardiovasculares, como corrida para idosos, podem reduzir o risco de demência em 30% e o mal de Alzheimer em 45%.

 Seu equilíbrio melhora (e muito!)

Se você tiver um bom equilíbrio, é menos provável que caia e se machuque. A corrida pode ser uma grande aliada para os idosos, porque tonifica os músculos e ajuda a exercitar a coordenação motora.

Como introduzir a corrida na sua rotina?

Agora que você já conhece os benefícios da corrida para idosos, que tal descobrir como introduzir essa atividade física na sua rotina?

Conheça seus limites

Antes de iniciar um programa de corrida, é importante entender o que acontece com o nosso corpo conforme vamos ficando mais velhos — as fibras musculares começam a diminuir em tamanho e número, a coordenação motora e o equilíbrio vão diminuindo…

Conhecer seus limites é essencial para se cuidar e prevenir acidentes. E ah, vale lembrar que o seu estilo de vida, dieta, genética e níveis de atividade influenciam como você envelhece.

Aumente seu esforço gradualmente

Para qualquer corredor, é importante pegar leve na hora de mudar a intensidade do seu treino. Aumentar a velocidade ou distância repentinamente pode levar a ferimentos ou dores que te deixarão de molho. Começar devagar e aumentar seu esforço gradualmente te ajudará a construir força enquanto minimiza o risco de se machucar. Beleza?

Ajuste seus objetivos

Esteja você treinando para uma maratona ou tentando adotar o hábito de correr, é importante definir metas de treinamento adequadas à sua idade e ao seu nível atual de condicionamento físico. Ajuste suas expectativas, escolha objetivos realistas e orgulhe-se do seu progresso.

Recupere-se adequadamente

Escute seu corpo e não force a barra. Se você não se sentir totalmente recuperado do último treino, talvez seja melhor descansar. Isso não significa que você precisa ficar em casa assistindo televisão… Você pode realizar atividades mais leves, como ciclismo, natação, ioga ou qualquer outra atividade que você goste.

Correr ou não correr: eis a questão…

Nunca é tarde demais para iniciar uma rotina de corrida, mas é importante seguir algumas dicas de segurança para evitar lesões e acidentes. Também é importante entender como o processo de envelhecimento afeta a capacidade do seu corpo de trabalhar e se recuperar.

Os benefícios da corrida para idosos são inúmeros, mas antes de se dedicar a uma nova atividade é fundamental avaliar seu estado de saúde. É importante conversar sobre isso com um médico e entender se correr é uma boa ideia para você.

Sintomas como desconforto no peito ou falta de ar, entre outros, devem ser verificados por um especialista, mesmo que você já se exercite há muito tempo. Afinal, é importante garantir que você esteja saudável o suficiente para praticar atividades físicas com segurança.

Poxa, meu médico disse que correr não é a melhor opção para mim… Se este for o seu caso, não fique chateado. Existem outras maneiras de se exercitar aerobicamente, com menos impacto nas articulações: nadar, andar de bicicleta e usar uma máquina elíptica.

Compartilhe os benefícios da corrida para idosos com os seus amigos!